fbpx

Nova gigante do setor nasce com capacidade de moer 32 milhões de toneladas

BP Bunge Bioenergia nasce neste 22/07

A americana Bunge relatou nesta segunda-feira (22/07) ter fechado acordo com a petroleira britânica British Petroleum (BP).

O acordo prevê a criação de uma companhia de bioenergia no Brasil que irá produzir etanol e açúcar, além de eletricidade renovável com biomassa de cana-de-açúcar.

A nova empresa atenderá pelo nome BP Bunge Bioenergia.

E mais: nessa joint-venture, cada uma das empresas terá 50%.

Segundo a Reuters, as empresas irão operar de forma autônoma, com um total de 11 usinas nas regiões sudeste, norte e centro-oeste do Brasil, acrescentou a Bunge.

Capacidade

A BP Bunge Bioenergia terá uma capacidade de moagem de 32 milhões de toneladas por ano.

Por sua vez, a capacidade de produção é de 1,5 bilhão de litros de etanol e 1,1 milhão de toneladas de açúcar.

Segundo a empresa, essa estimativa tem base em resultados de 2018.

“Esta parceria com a BP representa um importante marco de otimização de portfólio para a Bunge, o que nos permite reduzir nossa exposição atual ao negócio de açúcar e bioenergia, fortalecer nosso balanço patrimonial e focar em nossas principais oportunidades”, disse o diretor-presidente da Bunge, Gregory Heckman, em comunicado.

Por sua vez, ele acrescenta: “temos na BP um parceiro forte e comprometido, assim como flexibilidade no médio e longo prazos para monetização futura.”

Conforme ele, “com potencial de saída total via oferta pública inicial (IPO) ou outra rota estratégica.”

Estrutura

Finalmente, é preciso destacar que, além das unidades produtoras, há mais estrutura disponível.

Desde 2017, por exemplo, a BP participa de joint-venture com a Copersucar na operação do Terminal de Combustíveis localizado em Paulínia (SP).

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X