fbpx

Mudanças mexem com desenvolvimento e alocação de variedades

Um canavial diferente está sendo moldado gradativamente pelas mudanças que têm ocorrido no plantio, produção e colheita. Muitas coisas estão ficando para trás por causa das operações mecanizadas e da necessidade de elevação da produtividade.

Novas práticas, tecnologias e procedimentos estão sendo adotados do preparo do solo ao corte da cana. Até algumas pragas, doenças e plantas daninhas, que não costumavam frequentar as áreas de cana, acabaram invadindo os canaviais.
Nem o período de safra continua o mesmo. Em nome da busca da excelência – e da redução de custos –, um novo tempo abre espaço e cria perspectivas promissoras para inovações tecnológicas.

E isto tudo mexe, de maneira incisiva, com as variedades incluindo desenvolvimento e alocação – e as técnicas de manejo da cultura.

As demandas, geradas pelas mudanças nas áreas de cana, estão sendo incorporadas ao processo de desenvolvimento e seleção de novas variedades, afirma o engenheiro agrônomo Roberto Giacomini Chapola, que é pesquisador do PMGCA/UFSCar – Programa de Melhoramento Genético da Cana-de- Açúcar da Universidade Federal de São Carlos, campus de Araras.

Leia matéria completa clicando aqui.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X