fbpx

MS tem queda de 9,05% na moagem

Na segunda quinzena de agosto foram processadas 4 milhões de toneladas de cana
Na segunda quinzena de agosto foram processadas 4 milhões de toneladas de cana

Durante a segunda quinzena de agosto, os produtores de Mato Grosso do Sul moeram 4 milhões de toneladas de cana, volume 13% maior se comparado com a mesma época da safra passada. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 9 de setembro, pela Biosul – Associação dos Produtores de Bioenergia de MS.

No acumulado da safra até 31 de agosto, foram processadas 23,67 milhões de toneladas, queda de 9,05% em relação ao ano passado. O índice que mede a qualidade da matéria-prima, o ATR – Açúcares Totais Recuperáveis, atingiu 136,82 kg, mesmo percentual registrado na safra anterior.

De acordo com Roberto Hollanda Filho, presidente da Biosul, ainda que os números mostrem queda, houve recuperação nas últimos períodos. “Em agosto o clima ajudou e a quinzena foi de recuperação em relação a julho, com recorde de cana-de-açúcar colhida, mas ainda apresentamos números negativos em relação à safra passada por conta dos problemas climáticos enfrentados pelos produtores em 2013”.

Foram produzidas 698 mil toneladas de açúcar, quantidade 22,35% menor que a produção registrada anteriormente (898 mil toneladas). Ainda de acordo com a Associação, a produção de etanol registrou no acumulado 311 milhões de litros de etanol anidro e 1 bilhão de litros de etanol hidratado, chegando 1,33 bilhão de litros de biocombustível produzido, volume ainda 4,6% menor que na safra passada.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X