fbpx

Moagem de cana se normaliza no Centro-Sul

A moagem de cana voltou ao normal no Centro-Sul do país, favorecida pelas boas condições climáticas, segundo levantamento da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), divulgado no dia 11 de setembro, com base nos dados até o dia 1º de setembro.

Na segunda quinzena de agosto, a moagem totalizou 38,356 milhões de toneladas, volume 9,98% maior que em igual período do ano passado. No acumulado desta safra, a moagem atingiu 282,463 milhões de toneladas, volume 8,66% maior que em igual período de 2007/08.

O processamento foi favorecido pela redução das chuvas. Com isso, as usinas voltaram a moer cana em plena capacidade. Na primeira quinzena de agosto, as chuvas abundantes haviam dificultado a colheita, obrigando as usinas a operar abaixo de suas capacidades instaladas.

Na segunda quinzena de agosto, a moagem diária média foi de 2,55 milhões de toneladas de cana. Na segunda quinzena de agosto, a concentração por tonelada ficou em 152,29 kg de açúcares totais (ATR – Açúcar Total Recuperável), o que ficou 1,12% acima do resultado obtido na mesma quinzena da safra 2007/08.

A produção acumulada de açúcar chegou a 14,794 milhões de toneladas, com uma redução de 4,44% em relação ao total da safra 2007/08 no mesmo período. Mas o volume de etanol superou o produzido na safra anterior em 14,54%, com um incremento mais acentuado, de 23,76%, na produção do etanol hidratado.

O mix de produção da safra atual continua concentrado em etanol. Da cana processada até o final da segunda quinzena de agosto, 40,51% do total foram para a produção de açúcar e 59,49% para a produção de álcool.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X