fbpx

Moagem da safra está atrasada em 20 milhões de toneladas de cana

Recuperação é possível, mas preocupa o setor

Em primeira mão, a moagem de cana-de-açúcar da safra 2019/20 no Centro-Sul acumula atraso de 20 milhões de toneladas.

De imediato, esse atraso reflete a moagem da temporada iniciada em 1º de abril e até o último dia 15 deste mês.

Por consequência, essa comparação é ante igual período da 18/19.

Quem fez essa projeção?

Quem fez essa projeção é a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) em seu levantamento com dados até 15/05.

Sendo assim, de acordo com a UNICA no acumulado a moagem atingiu 84,15 milhões de toneladas.

Finalmente, essa queda de 18,27% é sobre o ano anterior.

Por consequência, na primeira metade de maio a moagem no Centro-Sul acumula 38,63 milhões de toneladas, quebra de 9,71% sobre mesmo período da 18/19.

Recuperação

Por fim, a recuperação é possível, segundo o diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues.

“A safra 19/2020 registra retração na moagem de aproximadamente 20 milhões de toneladas, cuja recuperação dependerá muito do aproveitamento do tempo nas próximas quinzenas”, destaca Padua.

Rendimento menor

Por fim, as unidades que produzem açúcar e etanol (anexas) atingiram uma participação de 83%.

Esse percentual é na moagem de cana no início desta safra.

De imediato, elas apresentaram uma redução no rendimento industrial de 4,5 quilos de açúcar.

Esse rendimento é por tonelada de cana processada ante igual período da 18/19.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X