JornalCana

Ministros entram em acordo sobre dívidas de custeio

Segundo informações do Ministério da Agricultura, os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, e da Fazenda, Antônio Palocci, chegaram a um acordo na quarta-feira, 17 de agosto, sobre a prorrogação dos vencimentos das dívidas dos empréstimos de custeio da safra 2004/05. “Foram dias de intensas negociações, mas, finalmente, chegamos a um consenso”, comentou Roberto Rodrigues.

Pelo acordo, as parcelas vencidas e vincendas em junho, julho e agosto de 2005 poderão ser pagas em março e abril de 2006. A prorrogação atingirá produtores de todo o país, exceto os de Estados já beneficiados com medidas de apoio às lavouras atingidas pela seca, entre os quais, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina.

Os produtores de arroz do Rio Grande do Sul também poderão liquidar seus débitos em março e abril do ano que vem. Além do arroz, a prorrogação vale para os empréstimos de custeio das culturas de soja, algodão, milho, trigo e sorgo.

Roberto Rodrigues informou ainda que no caso de produtores de algodão, as duas primeiras parcelas poderão ser quitadas em março e abril de 2006 A prorrogação acertada entre os dois ministros deverá ser aprovada pelo Conselho Monetário Nacional – CMN.

Para Rodrigues, a prorrogação das dívidas de custeio representa mais um avanço nas ações para reduzir os efeitos da crise da agricultura, em decorrência de fatores como valorização cambial, elevação de custos, problemas climáticos e baixo preço de comercialização de alguns produtos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram