Mercado

Usineiros pedem apuração de casos de morte em canaviais

A União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica) divulgou nota na qual se posiciona em relação às mortes de trabalhadores rurais no corte de cana no Estado de São Paulo, a última delas ocorrida na última sexta-feira, na Usina Santa Helena, do Grupo Cosan, em Rio das Pedras. A morte de pelo menos dez trabalhadores rurais desde abril de 2004, sob suspeita de exaustão para cumprir metas de produtividade, é apurada pelo Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público Federal.

A entidade que representa os usineiros pede uma apuração de eventuais abusos que possam ocorrer durante a colheita de cana, mas defende que, em São Paulo, “a atividade apresenta nível de formalidade e de remuneração que supera quaisquer outras do meio rural”.

A Unica sustenta ainda que as situações não devem ser generalizadas e alerta pra o risco de conclusões precipitadas. “Antes é preciso estudar em detalhe as circunstâncias e os fatores envolvidos em cada caso”, informa a nota.

Banner Revistas Mobile