Usinas

Etanol leva vantagem sobre preço da gasolina no Brasil

Consumidores mais atentos têm tirado proveito desde junho do valor mais em conta do biocombustível

Etanol leva vantagem sobre preço da gasolina no Brasil

Usar etanol no tanque dos veículos está cada vez mais vantajoso no Brasil. O último dado da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) mostra que a relação ante a gasolina está em 62,9%, dando vantagem ao biocombustível.

O etanol passa a ser mais vantajoso economicamente a partir de uma relação de 70%, mas é importante destacar que esse percentual varia de acordo com o modelo do carro, o perfil do motorista e as condições do percurso.

De acordo com os dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV/INMETRO), a depender do veículo, a decisão de escolha pelo biocombustível pode se dar a partir de uma relação de preço de até 75%.

LEIA MAIS >  Produto elimina etapa do preparo de leite de cal nas usinas

Os últimos dados da ANP mostram que o preço médio nacional da gasolina comum nos postos do país foi de R$ 5,63 por litro. Já o do etanol hidratado, utilizado diretamente no tanque, foi de R$ 3,54 por litro. Segundo os dados da ANP, o consumidor economiza ao abastecer com etanol em 10 Estados do Brasil.

Nos seis Estados de maior consumo (GO, MT, MS, MG, PR e SP), que representam 85% do mercado, a paridade de preços é inferior a 65% há quase dois meses. Em algumas regiões, o etanol é mais vantajoso que a gasolina desde maio deste ano.

“O preço do etanol hidratado na bomba está altamente atrativo nos principais mercados do país há mais de três meses. Olhando para o histórico do consumo, quando a paridade chega a esse patamar, os consumidores aumentam a procura pelo etanol”, afirma Luciano Rodrigues, diretor de Inteligência Setorial da União da Indústria da Cana-de-açúcar e Bioenergia (UNICA).

LEIA MAIS > Dirigente do Ingenio La Cabana preconiza estabilidade do processo de moagem

Diferente de outros anos, quando apenas o preço direcionava o comportamento do consumidor, a preocupação ambiental tem pesado cada vez mais na hora de abastecer. Um motor flex, abastecido 100% com etanol, emite 70% menos CO2 do que um que movido a gasolina C com 27% de etanol anidro.

Banner Revistas Mobile