Usinas

Estrutura de parques eólicos gera só 100 empregos

Estrutura de parques eólicos gera só 100 empregos

Enquanto uma usina sucroenergética gera em média 1,5 mil empregos diretos, uma estrutura de atendimento a parque eólico não exige mais do que 100 colaboradores.

Parques eólicos: baixo número de colaboradores

Em relato no blog do governo do estado de Pernambuco, a GE Wind, subsidiária de energia eólica da General Electric, informa que investirá em dois centros de serviços de operação e manutenção de turbinas eólicas para atender a implantação de parques eólicos.

Os novos aportes da GE irão gerar 100 empregos, especialmente para técnicos e engenheiros, e irão atender os parques eólicos em implantação no Sertão do Araripe e no Agreste, relata a empresa no material do governo.

Na última quarta-feira (8), o governador do PE, Paulo Câmara, reuniu-se com o presidente da Casa dos Ventos, Mário Araripe, e executivos do grupo que investirá R$ 4 bilhões em parques eólicos em Pernambuco nos próximos três anos, com potencial de chegar a R$ 6 bilhões no longo prazo.

Banner Revistas Mobile