Mercado

Usina do PE investe para aumentar a produção de cana

O Grupo sucroalcoleiro pernambucano JB renovou sua estrutura de tecnologia da informação e está investindo R$ 650 mil em equipamentos, treinamento e aparato de comunicação. A iniciativa inclui o escritório em Recife, a destilaria Lasa (Linhares-ES), a JB Açúcar e Álcool e a Carbogás, ambas em Vitória de Santo Antão, a 50km do Recife. A produção na unidade sucroalcooleira é de 850 mil sacos de açúcar, 40 milhões de litros de álcool e 28 milhões de litros de cachaça. A expectativa da empresa que é a produção cresça significativamente a partir da reforma. A indústria prevê esmagar cerca de 850 mil toneladas de cana durante este período produtivo.

Segundo o diretor comercial do Grupo JB, Carlos Beltrão, haverá uma redução de 10% no volume de cana moída no comparativo com a estimativa inicial. “Haveria um incremento de 12%, mas com a seca vamos manter a mesma produção da última safra”, completa o executivo. A expectativa era de que a fabricação de açúcar chegasse a um milhão de sacos e a 44 milhões de litros de alcol. O executivo informa ainda que as exportações corresponderão a 40% dos produtos fabricados.Entre as ações realizadas, foi implantado um software de gerenciamento integrado, escolhido devido à sua sinergia com a principal atividade do Grupo, a agroindústria canavieira. A capacidade de comunicação integrada entre as unidades de negócio também foi levada em consideração para a aquisição do sistema, escolhido após mais de ano de estudos e avaliações. “Estamos implantando procedimentos que agilizarão nossos processos de produção, logística e comercialização”, afirma Beltrão.

Treinamento

Cerca de 300 colaboradores do Grupo JB foram treinados para trabalhar com o novo sistema. O objetivo da implantação é padronizar todos os procedimentos de processamento das rotinas do grupo, uniformizar as políticas gerenciais e obter informações confiáveis e em tempo real de todas as atividades críticas das empresas, como faturamento, vendas, estoques, compras, contas a pagar e a receber, caixa e bancos, recursos humanos e folha de pagamento. Além das informações administrativas, o sistema permite ainda o acompanhamento de todo processo de industrialização e produção agrícola.

Banner Revistas Mobile