Mercado

Uruguai e Brasil firmam acordos de cooperação

O aprofundamento na cooperação nas áreas de transporte e energia, o aumento de investimentos brasileiros no Uruguai e a redução das assimetrias do intercâmbio comercial entre os dois países foram os temas tratados ontem durante o encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o seu colega uruguaio, Tabaré Vázquez, em Brasília.

Dois acordos foram assinados: a construção de uma linha de transmissão de energia elétrica para garantir o abastecimento do Uruguai e a exploração conjunta de biocombustíveis, bem como a aceleração dos trabalhos para a reforma da ponte Barão de Mauá e a edificação de outra ponte sobre o rio Jaguarão.

Lula informou que instruiu o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a estudar a possibilidade de conceder financiamentos para a participação de empresas brasileiras nas obras de dois terminais no Porto de Nova Palmira – um graneleiro e outro multimodal.

“Vamos também criar um grupo de trabalho para estudar a viabilidade econômica da recuperação da ferrovia Montevidéu-Rivera. Todas essas iniciativas apontam para novas oportunidades para os homens de negócio brasileiros investirem no Uruguai”, disse Lula.

Ambos os chefes de Estado reafirmaram o discurso de defesa do fortalecimento da integração regional e do Mercosul. Lula voltou a dizer que o Brasil sabe que deve reduzir as assimetrias existentes entre as economias dos países que compõe o bloco e que um sinal de que ações tomadas pelos dois governos têm surtido efeito é o aumento das exportações uruguaias para o Brasil.

Banner Evento Mobile