Mercado

União tenta barrar avanço da cana sobre florestas de MS

O avanço da cultura de cana-de-açúcar a passos largos, especialmente no Centro-Oeste, nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, gera preocupação do governo federal que já estuda medidas para evitar crescimento das áreas com cana em detrimento de florestas. A informação consta em reportagem divulgada neste domingo pelo jornal Folha de São Paulo.

A matéria destaca que Em Mato Grosso do Sul, há 11 usinas em funcionamento e outras 37 devem estar funcionando no prazo de quatro a cinco anos, segundo previsão do governo estadual. O Ministério do Meio Ambiente tem receio de que a cultura não avance somente sobre áreas desmatadas e como o zoneamento agroecológico só deve ser anunciada em junho de 2008 medidas emergenciais seriam adotadas.

Não foram explicadas quais seriam essas medidas, mas a reportagem destaca que iniciativas dos Estados já tentam prevenir o problema. No caso de Mato Grosso do Sul cita aprovada pela Assembléia Legislativa, estabelecendo 25 quilômetros de distância entre usinas.

Banner Evento Mobile