Mercado

Setor do agronegócio pode ter verba de R$ 1,27 bilhão

Oito áreas relacionadas ao desenvolvimento do setor rural brasileiro poderão ser beneficiadas com investimentos da ordem de R$ 1,27 bilhão, proposto à União pela bancada do agronegócio. As emendas apresentadas por senadores e deputados federais, prevêem investimentos em projetos de pesquisa agropecuária; defesa sanitária; de infra-estrutura e serviços em territórios rurais; em assistência técnica e extensão rural; e na implantação de infra-estrutura aqüícola e pesqueira.

Para o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS) o aumento no recurso para o setor agropecuário brasileiro só foi possível devido a um entendimento entre a comissões de Agricultura da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. “Propusemos R$ 620 milhões e os senadores autorizaram outros R$ 650 milhões”, explica. Segundo o parlamentar, a suplementação dos recursos orçamentários para 2008 tem como prioridade a defesa sanitária, a pesquisa agropecuária e atividades e projetos desenvolvidos por médios e pequenos agricultores. “É preciso investir em vigilância e em programas de incentivo ao desenvolvimento rural”, ressalta.

Heinze destacou ainda a importância do aumento de recursos orçamentários para a Embrapa. Segundo ele, a pesquisa agropecuária é uma das fontes de desenvolvimento tecnológico que trazem riquezas para o país. “É exatamente o aumento da produtividade no campo que libera força de trabalho para as cidades. A emenda também propõe o reforço das atividades tecnológicas na área de bioenergia que favorecerá, não somente os produtores, mas toda a sociedade brasileira”, salienta.

Banner Evento Mobile