Mercado

Santelisa e Louis Dreyfus estão próximos de um acordo

A sociedade entre o grupo francês Louis Dreyfus e a Santelisa Vale, de Sertãozinho (SP), está próxima de ser concretizada. Um acordo entre as partes deverá ser anunciado nos próximos dias, segundo fontes de mercado.

Se concretizada a parceria, as duas companhias passam a processar 40 milhões de toneladas de cana por safra.

Estavam também no páreo para a sociedade com a Santelisa outras seis companhias, como a Bunge, São Martinho, GP Investimentos, Cosan, ETH e BTG.

Nas últimas semanas, a família Biagi, que controla a Santelisa, assinou contrato para negociar com exclusividade com a Louis Dreyfus. No Brasil desde 2000, o grupo controla oito usinas em operação.

Já a Santelisa é resultado da fusão entre as usinas Santa Elisa, de Sertãozinho (SP), Vale do Rosário, de Morro Agudo (SP), MB, Jardest e Continenal. O grupo controla Crystalsev e tem parceria com outras companhias em usinas de açúcar e álcool, como a CNAA, British Petroleum e Maeda, e também com a Amyris.

O endividamento da companhia é estimado em R$ 3 bilhões.

Banner Evento Mobile