Mercado

Rodrigues pede união no setor agrícola

Os setores ligados ao agronegócio brasileiro precisam de mais articulação. Essa foi a principal mensagem do ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, deixada ontem na reunião plenária realizada na sede da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Rodrigues afirmou que, embora o agronegócio represente 23% do Produto Interno Bruto (PIB), 37% dos empregos, 36% das exportações e 92% do saldo comercial do Brasil, o setor é desarticulado. “É o maior negócio do País, mas não tem peso político”. Ele disse ainda que faltam políticas públicas e privadas para dar dimensão competitiva ao agronegócio.

Segundo Rodrigues, que é presidente do Conselho Superior de Agronegócio (Cosag) da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a mesma união precisa ser estendida para que outros países produzam biocombustível. Ele afirmou que o Brasil precisa vender usinas, tecnologia e conhecimento para criar mercado aos produtos e garantia de segurança estratégica. “Se mantivermos a estupidez de sermos sozinhos, vamos morrer sozinhos.”

Para ele, o biocombustível deve mudar a geografia agrícola do mundo, dando condições para que os países que tenham sol, terra e água, principalmente os em desenvolvimento, possam liderar o mercado. Rodrigues alertou para a necessidade de se evitar a criação de barreiras de protecionismo do etanol, como ocorreu com produtos agrícolas brasileiros.

O ex-ministro, que realiza palestras sobre o etanol pelo mundo, informou na plenária que a partir de 2008 terá início o primeiro curso de mestrado de agroenergia do mundo no Brasil. Será coordenado pela FGV, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) e pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Ele também afirmou que o Brasil precisa criar mecanismos para se aproveitar do aumento da demanda de grãos e carne em 40% e de energia em 22% nos próximos 20 anos, previsto pela Organização para a Agricultura e a Alimentação (FAO, sigla de Food and Agriculture Organization).

Banner Evento Mobile