Mercado

Petrobras recebe sementes para produção de biodiesel

A Petrobras recebeu, nesta sexta-feira, dia 21 de setsembro, 44 toneladas de sementes de girassol para fornecer a cooperativas de pequenos agricultores na Bahia. As sementes certificadas foram adquiridas pela estatal, através da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). O plantio deve iniciar no mês de outubro e a colheita está prevista para o início de 2008. A produção de girassol servirá como matéria-prima para produzir biodiesel no município de Candeias (BA). Cerca de 5.000 famílias de agricultores poderão ser beneficiadas com as sementes de girassol, para o plantio de, aproximadamente, 10.000 hectares. Com essa quantidade, pode-se obter uma produção de 12.000 toneladas de grãos. O óleo extraído desses grãos deve atingir 4.000 toneladas. Esse volume de óleo vegetal será comprado pela Petrobras para suprir parte dos insumos necessários para a usina de biodiesel na Bahia. O fornecimento de sementes selecionadas faz parte da estratégia do Programa de Biodiesel da Petrobras para estimular os agricultores familiares a plantar oleaginosas. Ao todo, a Petrobras já comprou 323 toneladas de

sementes de mamona, 74 toneladas de girassol e 4,5 toneladas de amendoim para serem fornecidas a agricultores da Bahia, Ceará e Minas Gerais, ainda este ano. Outra estratégia adotada pela estatal foi a contratação de organizações públicas de assistência técnica e extensão rural (EBDA-BA, Ematerce-CE, Emater-MG) para apoiar os agricultores nos três estados, com o objetivo de atender às exigências do Selo Combustível Social. O Selo é um incentivo

estabelecido pelo Governo Federal, sob forma de redução de impostos, para estimular a inclusão social da agricultura familiar na cadeia produtiva de biodiesel. As usinas de biodiesel da Petrobras no Semi-Árido garantirão emprego e renda para cerca de 70 mil famílias de agricultores e entrarão em operação no primeiro trimestre de 2008.

Banner Evento Mobile