Mercado

Pernambuco recupera participação para exportar açúcar para os EUA

Os produtores de cana-de-açúcar de Pernambuco conseguiram recuperar na Justiça sua participação na cota das exportações de açúcar para os Estados Unidos. Uma portaria do Ministério da Agricultura reduziu em janeiro a participação do Estado de 40,52% para 32,6% dos volumes totais embarcados para os americanos, de 178 mil toneladas.

Nesta mesma portaria, Alagoas ganhou maior fatia, de 46,41% para 51,97%.

O Sindicato das Indústrias de Açúcar e Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar/PE) entrou na Justiça pedindo a revisão das cotas. A decisão do do Tribunal Regional Federal (TRF) restabeleceu a fatia anterior de Pernambuco.

Renato Cunha, presidente do Sindaçúcar/PE, disse que o sistema deve levar em conta critérios sócio-econômicos, explicando que Pernambuco tem terras mais acidentadas que Alagoas e que emprega muito mais trabalhadores que o setor em Alagoas. O Estado emprega 120 mil trabalhdores no setor sucroalcooleiro.

Alagoas é o principal produtor de açúcar e álcool do Nordeste, com uma produção estimada em 23 milhões de toneladas.

Banner Evento Mobile