Mercado

Pagamento do subsídio da cana já começou, diz Ministério

O governo já iniciou a liberação dos saldos do programa de equalização de custos – mais conhecido como subsídio da cana-de-açúcar. Essa ao menos foi a informação que o procurador-geral do Ministério da Agricultura, Silvino Silva, passou por telefone para os presidentes de cinco associações de fornecedores de cana do Nordeste, que se reuniram, ontem, na sede da Associação dos Fornecedores de Cana de Alagoas (Asplana).

A reunião, convocada pelo presidente da Asplana, Edgar Antunes, tinha o objetivo de traçar uma estratégia para pressionar o governo a cumprir a promessa de liberar os saldos do subsídio referentes ao período de 1998 a 2001.

Ontem, segundo a versão recebida durante a reunião, teriam sido liberados R$ 42 milhões para as indústrias (usinas e destilarias), referentes a uma diferença de equalização da produção de álcool. Deste total, R$ 27 milhões teriam sido repassados para as empresas e o restante teria sido retido pela Justiça.

Agora, os fornecedores esperam a liberação de cerca de R$ 360 milhões – correspondente ao saldo da equalização da produção de cana das safras 97/98, 98/99, 99/00,00/02 e 01/02 até dezembro de 2001.

A expectativa é de que a Agência Nacional do Petróleo publique hoje, no Diário Oficial da União, ato determinando que a Petrobras repasse os recursos para os produtores. Se isso acontecer, dentro de mais uma semana, os fornecedores deverão receber o dinheiro em suas contas. (Gazeta de Alagoas)

Banner Revistas Mobile