Mercado

Operação em Ribeirão Preto abre novas oportunidades de negócio para a PROCENGE

Presente em praticamente todo o território nacional, a PROCENGE aumenta sua área de abrangência física a partir de janeiro. A ampliação dos serviços tem como foco a cidade de Ribeirão Preto, no interior paulista, considerada uma das cidades mais prósperas e desenvolvidas do interior de São Paulo, visando a atender e ampliar a base de clientes que existe lá.

“Temos uma posição muito forte no Nordeste quanto ao desenvolvimento de softwares e fornecimento de soluções. Agora, queremos nos tornar ainda mais presentes no eixo Sul-Sudeste”, explica um dos diretores da PROCENGE, José Cláudio de Oliveira.

Segundo ele, empresas que já são suas clientes estão abrindo filiais no interior paulista, o que torna natural esse movimento. “É uma janela que abre diversas oportunidades”, diz. A empresa também busca uma grande expansão do mercado sucroalcooleiro, cuja região detém cerca de 60% da produção nacional de álcool e açúcar.

NEGÓCIOS – Para o gerente de Negócios Corporativos, Marketing & Alianças da PROCENGE, Hamilton Alves, o início das operações em Ribeirão Preto representa o bom momento vivido pela empresa. “Nossa ida para a região vai representar um acréscimo na nossa base de clientes”, analisa.

Para Hamilton, esse movimento da PROCENGE em direção a outros mercados e localidades é natural, já que, há um bom tempo, os negócios na área de Tecnologia da Informação estão mais distribuídos por todo o território nacional. Leia esta e outras notícias.

Unidades de Negócios, Pirâmide e Fábrica de Softwares: o período de reformulação

Chegamos à década de 90, e com ela, acontece a explosão do setor de TI, da Internet e a popularização dos PCs. Tal cenário, e a grande profissionalização da informática, fizeram com que a PROCENGE realizasse uma profunda reformulação organizacional.

Os setores em que a empresa atuava foram divididos em Unidades de Negócios, e assim surgiram as Unidades de Utilities (gestão de empresas de água, luz, energia e gás), Bancos, Prefeituras e Processamento de Dados.

O grande “boom” da empresa no mercado veio em 1998, com o desenvolvimento do Pirâmide Gestão Empresarial. Utilizado por mais de quatro mil usuários em todo o Brasil, a solução tem apresentado um crescimento médio de 30% ao ano e está presente em usinas de cana-de-açúcar, grupos empresariais, construtoras, empresas de logística, cooperativas de saúde, entre outros.

Nessa época também foi criada uma outra Unidade de Negócios, desta vez voltada para a área de Engenharia de Sistemas. Seu objetivo: dedicar-se ao desenvolvimento de softwares sob encomenda. Começa a era de Software House, e que vai influenciar diretamente os negócios nos próximos anos…

PROCENGE é citada em reportagem que concorre a prêmio nacional

A repórter Bruna Cabral, do Jornal do Commercio, é uma das finalistas ao Prêmio Unisys de Jornalismo com a reportagem “Usinas Digitais”. A pauta foi sugerida pela MID Comunicação e seu objetivo era mostrar como está o processo de informatização das usinas de cana-de-açúcar.

No texto, a repórter mostra que, hoje em dia, as usinas deixaram de lado seu caráter meramente agrícola e são empresas que investem em tecnologia, tal como soluções de gestão empresariais. A PROCENGE é citada na reportagem como uma das principais fornecedoras de softwares para esse ramo de atuação.

Banner Revistas Mobile