Mercado

O biodiesel brasileiro deve ganhar o mercado internacional, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se apropriou ontem do slogan usado no governo de Getúlio Vargas e declarou que “o biocombustível é nosso”. Durante a cerimônia de assinatura do contrato entre a Petrobras e as quatro empresas que ganharam o leilão para fornecimento do biodiesel, Lula defendeu que o combustível pode ser uma fonte alternativa para substituir o petróleo.

“É preciso investir em pesquisa para desenvolver a produção para que o biodiesel ganhe o mercado internacional. É nesse momento em que o Brasil se apresenta ao mundo como uma nação que, em vez de ficar chorando o preço do petróleo, busca com unhas e dentes acreditando no potencial do país, dos trabalhadores e da sociedade”, afirmou.

Lula destacou os resultados da Petrobras, que deverá levar o Brasil à auto-suficiência de petróleo neste ano. “Nós não teremos medo porque o dia que alguém disser que não tem mais petróleo, nós estaremos dizendo: pois bem nós temos alternativa, pode começar a comprar que ele é nosso”, disse.

O ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, aproveitou a reunião para “lançar” a candidatura de Lula a reeleição. “Por tão expressivas realizações em benefício do sociedade eu diria que o senhor já é o candidato, o senhor já consagrou a sua administração, o senhor está sendo consagrado pelo povo com o selo do governo social”, afirmou, em referência ao selo criado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário para identificar o biodiesel fornecido por pequenos produtores.

De acordo com Ministério de Minas e Energia, o biodiesel começa a ser vendido ainda neste mês. A meta da Petrobras é que, até 2008, todo o diesel vendido no país tenha 2% de biocombustível.

Novos leilões

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) realizará dois novos leilões de biodiesel, em março e abril. Serão ofertados 500 milhões de litros do combustível, 100 milhões de litros no primeiro, e, no segundo, 400 milhões de litros, para entrega em 2007.

A Lei do Biodiesel prevê que a produção do biocombustível deverá ser de mais de 800 milhões de litros no início de 2008 e de 2,5 bilhões de litros em 2013, quando a mistura obrigatória será de 5% ao diesel.

Banner Evento Mobile