Mercado

Noventa bóias-frias de usina entram em greve na região

De acordo com o jornal, Folha de S.Paulo, noventa trabalhadores rurais da Usina Maringá, em Araraquara, que faziam o trabalho de preparo para a safra de cana-de-açúcar, seguem em greve alegando atraso no pagamento do salário de janeiro e o pagamento de metade do 13º salário de 2008 com cheques sem fundos. O total de trabalhadores parados representa aproximadamente 40% do quadro de funcionários.

A greve havia sido cancelada, mas foi retomada no início da semana, pois a usina teria descumprido acordo firmado no final de janeiro, em que se comprometia a pagar 70% do total que os funcionários têm a receber.

A proposta havia sido feita no último dia 27, com a presença de sindicatos e representantes da usina. A média salarial dos trabalhadores em greve é de R$ 700.

Anteontem, os funcionários fizeram um protesto em frente à empresa, que propôs pagar 25% de tudo que deve desde que os trabalhadores cancelassem a greve amanhã. A proposta foi recusada pelos trabalhadores. Uma nova rodada de negociações deve acontecer amanhã.

Banner Evento Mobile