Mercado

MME autoriza produtoras independentes de energia

O Ministério de Minas e Energia publica nesta sexta-feira (13), no Diário Oficial da União (D.O.U.), três portarias que autorizam as atividades de empresas como produtoras independentes de energia elétrica.

A portaria nº 61 permite à Brenco (Companhia Brasileira de Energia Renovável) implantar e explorar a Central Geradora Termelétrica (UTE) Unidade de Bioenergia Alto Taquari, no município de Alto Taquari, em Mato Grosso. A entrada em operação deve ocorrer até 30 de junho de 2009.

A UTE utilizará bagaço de cana como combustível e será constituída de duas unidades. A primeira delas é de 37.200 kW e a outra, de 35,5 mil kW, totalizando 72,7 mil kW de capacidade instalada, integradas em ciclo térmico convencional de cogeração (ciclo Rankine), e 27 mil kW médios de garantia física de energia.

Já pela portaria nº 63, o MME autoriza a Brenco a implantar e explorar a UTE Morro Vermelho, na cidade de Mineiros, em Goiás. A unidade de bioenergia utilizará bagaço de cana como combustível principal e resíduos agrícolas como combustível alternativo.

A UTE Morro Vermelho terá a mesma capacidade da unidade mato-grossense. As duas unidades geradoras em Goiás deverão entrar em operação em 30 de junho de 2009.

Já a empresa Central Energética Água Emendada está autorizada a estabelecer-se como produtor independente de energia pela portaria nº 62. A empresa deverá implantar e explorar a UTE Unidade de Bioenergia Água Emendada, em Mineiros, Goiás. O combustível também será bagaço de cana.A unidade terá a mesma capacidade das outras duas, com entrada em operação comercial até 31 de maio de 2010.

Banner Evento Mobile