Mercado

Lula pede que BID financie produção de biodiesel no país

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) analise a possibilidade de financiar obras de infra-estrutura e a produção de biodiesel no Brasil. Hoje (16), Lula e o presidente do banco, Luiz Alberto Moreno, assinaram um convênio para a realização da 47ª Assembléia de Governadores do BID em Belo Horizonte, entre os dias 3 e 5 abril.

Durante a assembléia, o governo brasileiro espera firmar um convênio com o banco para o financiamento do programa Pró-Cidades, voltado a obras de infra-estrutura urbana nos municípios. O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, que participou do encontro entre Lula e Moreno, explicou que o programa está em fase de conclusão e deverá ter recursos da ordem de US$ 400 milhões.

” Nossa expectativa é de que possamos, ainda em abril, na assembléia anual, fazer a assinatura do convênio que vai permitir iniciar os trabalhos do programa Pró-Cidades ” , disse.

Segundo ele, Lula e Moreno discutiram a participação do BID no financiamento de grandes obras de transportes e infra-estrutura no país, como a construção da hidrelétrica do Rio Madeira (RO), além de parcerias públicas e privadas. O presidente brasileiro propôs ainda que a instituição apóie projetos de biodiesel (combustível produzido a partir de plantas oleaginosas) no Brasil e na América Latina.

Em coletiva após o encontro, Moreno afirmou que as propostas vão ser analisadas. E destacou que uma das prioridades do banco é financiar projetos de infra-estrutura e que explorem a potencialidade energética da América do Sul. De acordo com ele, muitos países da região têm interesse ” em conhecer de perto ” as experiências brasileiras com biodiesel e álcool.

Ele disse também que o banco está estudando a possibilidade de financiamento do gasoduto de aproximadamente 10 mil quilômetros que ligará Brasil, Argentina e Venezuela.

Banner Evento Mobile