Mercado

Lula defende biodiesel e redução de subsídios

A redução dos subsídios agrícolas dos países ricos foi um dos temas do programa semanal de rádio Café com o Presidente de ontem. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu o tema na Cúpula da Governança Progressista, realizada na África do Sul, última parada da viagem ao continente africano.

O encontro reuniu chefes de Estado do Brasil, Reino Unido, Nova Zelândia, África do Sul, Etiópia, Suécia, Coréia do Sul, o diretor da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascoal Lamy, e o negociador da União Européia, Peter Mendelson.

Em seu programa, Lula disse que conversou sobre o tema com o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, que também esteve na cúpula. “Nós precisamos garantir que esses países (pobres) tenham o reconhecimento dos seus produtos nos países ricos e que esses países ricos tirem os subsídios dos seus produtos para comprar produtos dos países pobres”, afirmou.

Biodiesel

O presidente destacou que o biodiesel, combustível produzido a partir de plantas oleaginosas, é uma forma de estimular o crescimento dos países pobres. “Os países ricos podem escolher um país pobre, podem financiar tecnologia, podem mandar fábrica produzir biodiesel lá e eles comprarem o biodiesel para utilizar nos seus caminhões, nos seus ônibus, nos seus carros”.

Para Lula, muitas nações ricas já perceberam que os países pobres precisam ter maior participação no comércio mundial e na produção de conhecimento científico e tecnológico. O presidente garantiu que o Brasil faz parte do grupo de nações disposto a ajudar os menos favorecidos. “O Brasil não faltará com a sua solidariedade a um país irmão”, concluiu.

O programa Café com o Presidente foi gravado no avião presidencial durante o retorno de Lula ao Brasil. Antes da África do Sul, o presidente visitou a Argélia, Benin e Botsuana.

Festa do PT

O presidente Lula participaria também, na noite de ontem, da festa de 26 anos do PT, realizada na Associação Atlética do Banco do Brasil, em Brasília. Os ingressos do jantar ajudarão a recompor as finanças da sigla.

Banner Evento Mobile