Mercado

Lucro da Archer Daniels Midland sobe 24% no trimestre

A americana Archer Daniels Midland Co (ADM) superou expectativas no setor de etanol e anunciou, nesta terça-feira, um lucro líquido de US$ 585 milhões no segundo trimestre fiscal, encerrado no dia 31 de dezembro. O valor foi 24% superior aos US$ 473 milhões registrados no mesmo período do ano anterior

O setor de etanol dos Estados Unidos sentiu com força a queda acentuada nos preços do petróleo desde julho. As margens do etanol se mantiveram estáveis ou negativas por meses, conforme a recesão reduz a demanda pelo combustível.

Analistas esperavam na média US$ 0,68 por ação, de acordo com a Reuters Estimates. A receita subiu 1%, para US$ 16,67 bilhões, abaixo da estimativa média de analistas de US$ 17,09 bilhões.

Fraca demanda por etanol

A ADM, baseada em Illinois, afirmou que seu lucro cresceu nos segmentos de serviços agrícolas e processamento de oleaginosas. Os ganhos com processamento de oleaginosas subiram para US$ 319 milhões, ante US$ 219 milhões há um ano, devido às melhores margens de lucro.

A companhia acrescentou que os resultados foram parcialmente compensados por menos vendas de fertilizantes na América do Sul. O lucro proveniente dos serviços agrícolas, que incluem estocagem de grãos e transporte, aumentou para US$ 462 milhões, contra US$ 315 milhões há um ano.

Os ganhos oriundos do processamento de milho despencaram 89%, para US$ 29 milhões, contra US$ 275 milhões no período anterior, à medida que o custo mais baixo do grão não foi suficiente para compensar a fraca demanda no mercado de etanol.

Vários fabricantes de etanol pediram proteção contra afalência, em destaque a VeraSun Energy Corp. O caso da VeraSun deixou a ADM e a Poet como as duas maiores produtoras de etanol nos Estados Unidos.

Banner Evento Mobile