Mercado

Grupo desocupa área de cana da Usina da Barra

O grupo de aproximadamente 600 mulheres da Via Campesina, que invadiu esta semana uma área de cana-de-açúcar da usina da Barra, desocupou o local ontem. A liminar de reintegração de posse foi dada pela juíza da 1ª Vara Cível local, Maricy Maraldi.

De acordo com lideranças do movimento, o objetivo da invasão seria denunciar os impactos ambientais e sociais do modelo sucroenergético de São Paulo. Na desocupação, o grupo foi até a entrada da usina, que pertence ao grupo Cosan, para realizar um protesto.

Banner Evento Mobile