Mercado

Governo não pretende intervir no setor sucroalcooleiro, assegura rodrigues

O Governo Federal não tem a menor pretensão de intervir no setor sucroalcooleiro, garantiu hoje (20/9) o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. Com isso, ele descartou a possibilidade de intervenção no setor, levantada pelo presidente da União da Agroindústria Canavieira (Única), Eduardo de Carvalho, ao se referir ao impasse entre usineiros e produtores nas negociações para reajuste do preço da tonelada de cana.

“No entanto, o Governo tem a expectativa de que o extraordinário crescimento a ser vivido pela indústria sucroalcooleira nos próximos anos seja equilibradamente distribuído entre os distintos elos da cadeia produtiva”, ressaltou o ministro. Rodrigues confia em que as negociações entre os fornecedores de cana e os usineiros, por meio de suas entidades de classe, cheguem a uma remuneração para a matéria-prima compatível com os custos da produção e com o faturamento de toda a cadeia.

O ministro informou ainda que a preocupação do Governo com a remuneração do produtor não se restringe apenas ao setor sucroalcooleiro, mas também a outros segmentos do agronegócio brasileiro.

Banner Revistas Mobile