Mercado

Governador garante a implantação de usinas de biocombustíveis no MA

O governador Jackson Lago assinou na tarde da última segunda-feira (26), no Palácio dos Leões, um protocolo de intenções com o grupo norte-americano Comanche Clean Energy, que prevê a implantação de um arrojado empreendimento para produção de biocombustíveis no Maranhão. De acordo com o projeto, serão construídas duas usinas – uma para a produção de etanol e outra para a produção de biodiesel – num investimento da ordem de US$ 300 milhões, que deverá, no prazo de quatro anos, gerar 4.500 empregos diretos. “É com alegria e com muita esperança que assinamos este protocolo de intenções”, declarou o governador Jackson Lago, assinalando que o Maranhão precisa resgatar a tradição de grande produtor que teve no passado. “Precisamos transformar em realidade as imensas potencialidades que o nosso Estado possui”, ressaltou o governador. Ao assinar o protocolo de intenções, o diretor da Comanche Clean Energy, no Maranhão, João Guerra, explicou que este projeto representa o maior investimento na área de biocombustíveis, em toda a região Norte e Nordeste do país. “Este empreendimento, que tem uma geração de empregos elevada, está sendo trazido para cá em razão da abundância de terras, mas, sobretudo em decorrência da formidável logística de exportação que o Maranhão possui, através do Complexo Portuário da Baía de São Marcos”, declarou João Guerra. O secretário de Indústria e Comércio em exercício, Fernando Duailibe Mendonça, lembrou que partiu do secretário Júlio Noronha, que se encontra internado em um hospital de São Paulo, após grave acidente de trânsito, a iniciativa de atrair para o Maranhão empresários norte-americanos interessados em investir em projetos de bioenergia, notadamente nas áreas de etanol e biodiesel. Com o auxílio de um data-show, Delmo Vilhena, um dos dirigentes da Comanche Clean Energy, fez uma explanação acerca do empreendimento, explicando que o projeto, que deverá ocupar uma área de 100 mil hectares no Maranhão, terá sua produção destinada aos mercados interno e externo. “O investimento da Comanche vem ratificar o ambiente favorável para negócios proporcionado pelo governo Jackson Lago”, declarou o deputado federal Julião Amin (PDT), que participou da solenidade, juntamente com o vice-governador Luiz Porto e diversos secretários de Estado. Investimentos – Ao destacar a importância do protocolo de intenções, celebrado no Palácio dos Leões, o secretário Fernando Duailibe Mendonça disse que, no mês de setembro passado, o secretário Júlio Noronha participou de um evento na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde fez uma explanação para um seleto grupo de investidores sobre as potencialidades e oportunidades de investimentos no Maranhão, com ênfase no crescimento e desenvolvimento econômico e sustentável. Diante das informações prestadas especificamente em relação à logística e infra-estrutura do Estado, além dos dados focados na natural aptidão maranhense para biocombustíveis, Júlio Noronha, na época, foi solicitado para cumprir uma intensa agenda de reuniões com grandes empresas e fundos de investimentos globais do setor de siderurgia, bioenergia, gás e petróleo, geração de energia e agroindústria. De acordo com Delmo Vilhena, a decisão do investimento foi tomada em tempo recorde, devido às vantagens comparativas que o Maranhão apresenta. “A disponibilidade de terras agricultáveis e condições climáticas, aliados à infra-estrutura logística adequada, foram decisivas, assim como o ágil e preciso apoio do Governo do Maranhão”, ressaltou o investidor. Ao final da cerimônia, o governador Jackson Lago observou que o Maranhão começa a desenvolver um zoneamento definindo onde poderão ser cultivadas lavouras destinadas à produção de biocombustíveis, com o objetivo de preservar o meio ambiente. “É plenamente possível combinar biocombustíveis, preservação ambiental e produção de alimentos. Daremos à produção de biocombustíveis todas as garantias sociais e ambientais”, afirmou o governador, reafirmando sua preocupação com a necessidade de preservação e valorização da agricultura familiar no Estado. Multinacional – A Comanche Clean Energy é uma empresa comprometida com a produção de combustíveis renováveis no Brasil, visando o consumo doméstico e exportação. Trata-se de uma empresa multinacional, organizada por norte-americanos com grande experiência no mercado de capitais internacional e em economias emergentes – particularmente no Brasil, juntamente com brasileiros de renome no setor nacional de etanol e biodiesel, contando com investidores brasileiros, norte-americanos e europeus. A empresa possui duas plantas de produção de álcool no interior de São Paulo e uma planta de produção de biodiesel na Bahia.

Banner Evento Mobile