Mercado

Furlan quer aumentar venda de álcool combustível para os EUA

Em sua viagem a Washington desde o último domingo, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, negocia um possível aumento da venda de etanol, ou álcool combustível, para os Estados Unidos.

Furlan esteve nesta segunda-feira com o secretário de Energia dos EUA, Samuel Bodman, e nesta terça com o secretário de Comércio, Carlos Gutierrez, além de encontro com empresários e investidores norte-americanos, promovido pela Câmara de Comércio Brasil – Estados Unidos.

Em todas as oportunidades, o ministro Furlan falou sobre a crescente produção nacional de álcool e as condições favoráveis de exportação do produto. Os EUA produzem menos de 60% de seu consumo anual de 23 bilhões de litros de etanol. Furlan acredita que o Brasil é capaz de aumentar sua cota anual de 400 milhões de litros exportados para aquele país.

Banner Revistas Mobile