Mercado

FGV, Esalq e Embrapa oferecem mestrado profissional em agroenergia

Para formar especialistas na gestão de negócios na cadeia produtiva de etanol e biodiesel, três instituições de renome ligadas ao ensino e à pesquisa – Escola de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP); Escola de Economia de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) – estão lançando o curso de Mestrado Profissional em Agroenergia (MPAgro).

Com 25 professores das três instituições, o curso terá quatro categorias de disciplinas: gestão econômica e financeira; tecnologia da produção agrícola e mercado; princípios, ferramentas e processos na produção de agroenergia e outra dedicada à dissertação final. O MPAgro é voltado para profissionais com curso superior, técnicos ou executivos, que trabalham em indústrias de açúcar e álcool, de equipamentos afins, de engenharia e consultoria, institutos de pesquisa e em outros segmentos do agronegócio.

As aulas, que começam no dia 15 de fevereiro, serão ministradas na sede da Fundação Getúlio Vargas em São Paulo; na Esalq, em Piracicaba e na Embrapa em Campinas. As inscrições podem ser feitas até 30 de novembro. A primeira turma do curso terá 40 alunos, que estudarão – durante oito trimestres – 13 disciplinas obrigatórias, cinco eletivas e ainda elaborarão a dissertação final. O custo do curso é de R$ 53,4 mil, divididos em 24 parcelas de R$ 2.225,00. O valor poderá também ser financiado pelo Bradesco por meio de convênio com a FGV. Outras informações pelo telefone (11) 3281-7711 ou no site www.eesp.fgv.br .

Banner Evento Mobile