Mercado

Exportações do Paraná crescem 22,23% nos primeiros nove meses deste ano

As exportações do Paraná cresceram 22,23% entre janeiro e setembro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 9,043 bilhões. Já as importações atingiram US$ 6,277 bilhões, evolução de 47,79%. Com isso, o saldo da balança comercial do Estado no acumulado do ano ficou em US$ 2,765 bilhões. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (11), pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). No mês de setembro, as exportações do Estado atingiram alta de 24,24% e acréscimo de 92% nas importações.

Segundo o secretário estadual da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Virgílio Moreira Filho, a recuperação do agronegócio no Estado foi responsável pela maior parte dos dez principais produtos exportados em 2007. O setor automotivo – como veículos, motores, tratores, máquinas, carrocerias e acessórios – além de outros com valor agregado, também tiveram destaque.

Além de grãos de soja, bagaços e óleos de soja, automóveis, milho, carnes congeladas de frango e açúcar lideraram as principais vendas dos produtos paranaenses em oito meses. Nas importações, os principais produtos negociados foram óleo bruto de petróleo, automóveis, produtos químicos, circuitos integrados e componentes para veículos.

MERCOSUL – Em nove meses, as exportações para o Mercado Comum do Sul (Mercosul) apresentaram dados positivos para o Paraná. Com valor equivalente a U$S 1,172 bilhão, o estado teve alta de 31,19% na comparação de janeiro a setembro de 2006. Nas importações, o Paraná comprou U$S 791 milhões no período, crescimento de 47,65%. Até o momento, o saldo da balança comercial paranaense sobre os países do bloco sul-americano é US$ 381 milhões para o Paraná.

O governo do Estado vai promover, em novembro, uma missão empresarial e governamental para a Colômbia, país não-integrante do Mercosul, mas um dos principais parceiros econômicos do Paraná no continente. A iniciativa também conta com o apoio do Consulado Honorário da Colômbia.

Com exportações paranaenses para a Colômbia acima de US$ 100 milhões neste ano, o Governo do Estado espera a forte adesão de empresas estaduais. “Vamos aprofundar as relações comerciais com um mercado não-tradicional em franca expansão”, assegura o secretário Moreira Filho. A missão ainda não possui data definida, mas os empresários já podem entrar em contato com a Secretaria Estadual da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul.

Os principais produtos exportados para a Colômbia foram os motores de explosão, produtos semimanufaturados, acessórios para carrocerias, depurador, automóveis, chassis e cartuchos para espingardas. Nas importações, os destaques ficaram para os falsos tecidos, substâncias de animais, motores de explosão, leveduras vivas, polipropileno sem carga e produtos para maquiagem.

De acordo com Moreira Filho, os setores prioritários para intercâmbio de investimentos com a Colômbia são a construção civil e hoteleira, petroquímico, têxtil e confecção, manufatura (calçado de plástico), autopeças, produtos e serviços de tecnologia e os biocombustíveis.

Serviço: Os empresários interessados em participar da comitiva do Paraná para a Colômbia devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (41) 3240-9016.

Banner Evento Mobile