Mercado

"Dólar alto ajuda a exportar, mas prejudica endividamento"

"Dólar alto ajuda a exportar, mas prejudica endividamento"

A escalada do dólar favorece em parte o produtor de açúcar de Minas Gerais. “O açúcar é o quinto produto da pauta de exportações de Minas, e boa parte tem hedge natural”, diz Mário Campos, presidente do Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool (Siamig).

“Mas depende caso a caso, depende da exposição da usina em dólares, para saber o impacto”, emenda. Ele lembra que se o dólar alto favorece de um lado, prejudica de outro. “Há muita dívida dolarizada e depende de cada empresa para saber o efeito final da valorização da moeda americana.”

Banner Revistas Mobile