Mercado

Conab confirma safra recorde de cana no Brasil

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou ontem, dia 29 de novembro, seu terceiro levantamento para a safra 2007/08, confirmando novo recorde de produção no país. Segundo o levantamento, a produção no Brasil ficará em 549,91 milhões de toneladas, um volume 15,8% maior em relação à safra 2006/07. Mas deste total, 475,07 milhões de toneladas serão destinadas às indústrias sucroalcooleiras e, o restante, 74,83 milhões para a fabricação de aguardente, alimentação animal e sementes.

A área plantada no Brasil soma 6,96 milhões de hectares, 13% maior que a safra anterior, de acordo com a Conab. O aumento de área reflete os projetos de expansão do setor, com novas usinas no país. No Centro-Sul, os canaviais ocupam uma área de 5,74 milhões de hectares e no Nordeste 1,22 milhão de hectares. As usinas do centro-sul deverão processar 413,459 milhões de toneladas de cana.

Segundo a Conab, a produção de açúcar deve somar 29,6 milhões de toneladas, ligeiro recuo de 1,9% sobre a anterior, e a de álcool 20,88 bilhões de litros, um aumento de 19,5% sobre igual período do ano passado. No centro-sul, a produção de açúcar ficará em 25,050 milhões de toneladas, recuo de 3,7%. Até o dia 16 de novembro, as usinas tinham produzido 24,7 milhões de toneladas. A de álcool totalizará 18,87 bilhões de litros, dos quais 18,18 bilhões foram industrializados até o dia 16.

O mix de produção de cana no país está favorável ao álcool. Do total que será processada, cerca de 55% serão destinadas para o álcool e 45% para o açúcar. Na safra passada, a 2006/07, a relação estava praticamente 50% para cada produto.

Banner Evento Mobile