Mercado

Cogeração: valor do MWh em leilão a R$ 281

Cogeração: valor do MWh em leilão a R$ 281

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu em R$ 281 o valor do teto do megawatt-hora (MWh) cogerado por biomassa no Leilão de geração Nº 3/2015 – “A-5”, previsto para ser realizado no próximo dia 30 deste mês.

2012-07-16 Esteira Bagaço Pa Carregadeira Cerradinho Bio (1)
R$ 281 é o valor-teto do MWh cogerado por biomassa no leilão deste mês

O objetivo do leilão é contratar energia elétrica proveniente de novos empreendimentos, com início do suprimento em 1º de janeiro de 2020, a partir de fontes hidrelétrica, inclusive PCHs, e termelétrica – a carvão, gás natural em ciclo combinado e biomassa.

Os preços-teto foram calculados pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e aprovados pelo Ministério de Minas e Energia (MME). O Preço de Referência para energia produzida pelas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e hidrelétricas com potência inferior ou igual a 50 MW foi definido em R$ 210,00/MWh.

O Custo Marginal de Referência do Leilão foi aprovado em R$ 281,00/MWh; tendo os preços de referência para as usinas hidrelétricas com potência superior a 50 MW, assim estabelecidos: UHE Itaocara I, de R$ 155,00/MWh; UHE Telêmaco Borba, de R$ 164,00/MWh; UHE Ercilândia, de R$ 187,00/MWh; e UHE Apertados, de R$ 201,00/MWh.

Esses preços-teto refletem as atuais condições de financiamento do principal agente de financiamento, que é o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Valor pago pelo MWh no spot registra queda

Banner Revistas Mobile