Mercado

Cana-de-açúcar: produtores do nordeste pedem regulamentação da mp 449

SAFRAS (16) – Cinco meses depois de anunciada pela Ministra Dilma Roussef, a Medida Provisória 449/2008 concedida pelo Governo Federal para os fornecedores de cana-de-açúcar do Nordeste penalizados na última safra e que consiste no pagamento do valor de até R$ 5,00 por tonelada de cana, já moída ou não, referente à safra 2008/2009, atingindo até 10 mil toneladas por produtor, deve ser operacionalizada. Nesta quinta-feira (16), dirigentes de associações ligadas ao setor canavieiro do Nordeste terão reunião no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) com técnicos da Conab para tratar da última regulamentação que garantirá o pagamento da subvenção.

As informações partem da Brasil Agro.

O presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Raimundo Nonato Siqueira é um dos participantes do encontro. Essa medida é de suma importância para o equilíbrio do setor que é um dos maiores empregadores de mão-de-obra no campo da região e essa reunião de hoje (16) será decisiva, pois se trata da última regulamentação para operacionalizar a subvenção, destaca Nonato.

Essa ação emergencial foi anunciada pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, durante um encontro do setor produtivo, em Recife, no dia 02 de dezembro do ano passado. Ela já foi, inclusive, aprovada na Câmara dos Deputados, em sessão realizada no dia 24 de março As informações partem da Brasil Agro.

Banner Evento Mobile