Mercado

Brasília: norte-americanos defendem cooperação na produção de etanol

A importância da preservação da Amazônia, os benefícios da produção de biocombustíveis para o meio ambiente e a necessidade de cooperação entre Brasil e Estados Unidos na produção energética foram alguns dos assuntos destacados por parlamentares brasileiros e norte-americanos na audiência pública realizada hoje pela manhã na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional. O presidente da Subcomissão do Hemisfério Ocidental da Comissão de Assuntos Estrangeiros da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Eliot Engel, disse ainda ser favorável ao fim da taxação do etanol brasileiro nos Estados Unidos. Para ele, os Estados Unidos deveriam ter feito como o Brasil e buscado sua independência energética.O deputado norte-americano elogiou o Brasil por ter buscado, desde a década de 70, a produção de combustíveis alternativos. Engel também é membro da Comissão de Energia e Comércio da Câmara norte-americana e apóia a cooperação entre Brasil e Estados Unidos na produção de biocombustível.Diplomacia parlamentar A audiência foi sugerida pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores, deputado Vieira da Cunha (PDT-RS). Ele ressaltou a importância da preservação da Amazônia, mas lembrou outros assuntos que precisam ser debatidos, como os subsídios dos Estados Unidos aos produtos agrícolas e as dificuldades criadas pelo país para a negociação da Rodada de Doha.Na avaliação de Vieira da Cunha, a diplomacia parlamentar pode auxiliar as negociações entre os dois países e a cooperação em vários assuntos. Ele destacou ainda que os subsídios norte-americanos a seus produtos agrícolas prejudicam a competitividade dos produtos brasileiros.

Banner Evento Mobile