Mercado

Brasil e Uruguai negociam instalação de usina movida a carvão

Brasil e Uruguai estão negociando a instalação de uma usina térmica movida a carvão em território brasileiro para abastecer o Uruguai. A usina vai ter capacidade instalada de até 400 MW. De acordo com o Sindicato Nacional da Indústria de Exportação de Carvão (SNIEC), a expectativa é que a negociação seja concluída até o fim deste ano. O Uruguai passa por problemas no fornecimento de energia e, recentemente, uma empresa brasileira ganhou licitação para fornecer energia ao país, por meio da linha de interconexão dos dois países.

O presidente do SNIEC, César Faria, defende o aumento da participação de carvão na matriz energética nacional, que hoje é de 2%. Para tanto, ele espera que seja aprovada uma política de expansão do uso do insumo a partir da elaboração de um programa de desenvolvimento tecnológico e também da definição de preços do produto, considerando sua cotação internacional.

Atualmente a capacidade instalada de geração térmica a carvão é de 1,4 mil MW, mas existem projetos de mais 2,2 mil MW. O sindicato acredita no aumento da comercialização de energia gerada a carvão a partir do próximo leilão de energia que acontece em maio.

Banner Evento Mobile