Mercado

BP investirá US$ 6 bi em etanol de cana no Brasil

A produção de etanol a partir da cana-de-açúcar será o motor dos investimentos da britânica BP no Brasil nos próximos 10 anos, de acordo com o diretor da BP Biofuels no Brasil, Paulo Pinho. Segundo ele, os investimentos de até US$ 6 bilhões no prazo de 10 anos a serem realizados no Brasil, anunciados recentemente pelo presidente mundial da empresa, Tony Wayward, serão direcionados totalmente para o etanol de cana. “O etanol é a base do projeto da BP para biocombustíveis no Brasil. Não estamos interessados em desenvolver outros biocombustíveis como biodiesel”, disse.

Pinho disse que ainda não está definido como estes investimentos serão realizados nem um cronograma fechado. “Ainda não fixamos metas de produção a serem atingidas no período em que o aporte será feito”, disse. Pinho explica que estes investimentos poderão ser feitos na Tropical Bioenergia, empresa onde a BP detém 50% do controle acionário, ou em outras unidades. Ele esclareceu, contudo, que o aporte destes novos investimentos não deve mudar a composição acionária da Tropical Bioenergia.

Com investimentos de US$ 683 milhões feitos em conjunto com o Grupo Maeda e a SantelisaVale, que detém 25% das ações cada, a Tropical Bioenergia foi a primeira empresa a receber investimentos de uma empresa petrolífera do mundo e a BP foi a primeira no mundo a investir em etanol. Com sede no município de Edeia, em Goiás, a Tropical Bioenergia iniciou suas atividades em setembro de 2008, no final da safra 2008/09. A expectativa é de que na atual safra que começa em abril a usina atinja sua capacidade de processamento total de 12 mil toneladas por dia.

Banner Evento Mobile