Mercado

BNDES financia projeto da Vale do Verdão em Goiás

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou ontem a aprovação do financiamento de R$ 22,4 milhões para a usina Vale do Verdão. Os recursos serão destinados à implantação de uma nova usina de açúcar e álcool em Itumbiara, com capacidade para processar 1,8 milhão de toneladas de cana. O investimento total do grupo será de R$ 42,8 milhões.

O projeto da Vale do Verdão também contempla a geração de energia a partir do bagaço da cana e a implantação de um tanque de estocagem de álcool, com capacidade para 10 milhões de litros de álcool.

Fundada em 1980, durante o auge do Proálcool, a Vale do Verdão, empresa familiar, só produzia álcool durante seus primeiros anos de operação. Em 1992, o grupo começou a produzir açúcar. Hoje a capacidade de produção de açúcar da empresa é de 4 milhões de toneladas.

Dados do BNDES mostram que nos primeiros nove meses deste ano o banco desembolsou R$ 31,2 bilhões para todos os setores industriais, valor 12% maior que em igual período de 2004, quando os desembolsos foram de R$ 27,9 bilhões. As aprovações de financiamento subiram 47% e chegaram a R$ 36,1 bilhões, enquanto o resultado havia sido de R$ 24,6 bilhões entre janeiro e setembro do ano passado, segundo o BNDES.

Os enquadramentos (pedidos de financiamento habilitados a receber apoio) cresceram entre janeiro e setembro 19% em relação a igual período do ano passado, atingindo agora R$ 60,6 bilhões, enquanto foram de R$ 51 bilhões em 2004. As cartas-consulta totalizaram R$ 65,2 bilhões, com crescimento de 1% em relação a período semelhante de 2004, no qual haviam chegado a R$ 64,8 bilhões.

Banner Revistas Mobile