Mercado

BNDES destina R$ 22,4 milhões para usina de açúcar e destilaria em

O BNDES anunciou nesta segunda-feira que a diretoria da instituição aprovou financiamento de R$ 22,4 milhões para a empresa Vale do Verdão S.A. Açúcar e Álcool, destinado à implantação de uma usina de açúcar e uma destilaria de álcool em Itumbiara, com capacidade instalada para esmagar 1,8 milhão de toneladas de cana-de-açúcar por ano e gerar energia da ordem de 25.7 milhões Kwh/ano.

Com o projeto, serão criados durante a entressafra 350 empregos diretos na área industrial e 950 na área agrícola, totalizando 1.300 novos postos de trabalho. No período de safra serão gerados 2.650 novos empregos. O investimento total do projeto é de R$ 42,8 milhões.

Segundo o BNDES, as obras civis ocuparão uma área de 7.632 m2 que comportará toda a estrutura necessária da planta fabril, incluindo construção de escritório, refeitório, portaria, oficina, almoxarifado, banheiros, área para expedição e para recursos humanos, laboratório, balança, casa de força, bases para instalação dos equipamentos e armazém para depósito de açúcar.

O projeto prevê ainda a implantação de um tanque de estocagem de álcool que terá capacidade de 10 mil m3. Todos os equipamentos serão nacionais, sendo grande parte de última geração.

O setor sucroalcooleiro brasileiro é composto por cerca de 320 unidades industriais. Para a atual safra, a expectativa é de que sejam moídas 450 milhões de toneladas de cana, sendo 379 milhões nas regiões Centro e Sul do país. Com o lançamento recente de veículos bicombustíveis, o segmento de álcool passa por uma expectativa bastante favorável, apresentando-se como principal alternativa em substituição à gasolina.

Embora o produto não seja expressivo na pauta de exportações brasileiras, sinais de crescimento já vêm ocorrendo devido aos contatos efetuados com os países interessados em substituir derivados de petróleo por fonte limpa.

Banner Revistas Mobile