Mercado

Biagi firma compromisso do setor

Maurílio Biagi Filho, conselheiro da Cia. Energética Santa Elisa e da

União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo – Unica reiterou perante os diversos empresários brasileiros do setor sucroalcooleiro que participaram da reunião com o presidente Lula e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, que mantém o compromisso dos produtores de vender álcool, no máximo, a 60% do preço da gasolina. A informação é da assessoria de imprensa da CESE.

Biagi Filho participa, neste sábado, ao lado dos empresários José Pessoa de Queiroz Bisneto, presidente do Grupo José

Pessoa, Paulo Zanetti, presidente da Alcopar/Sialpar/Siapar, Luiz Guilherme Zancaner, presidente da Usinas e Destilarias do Oeste Paulista – UDOP e João Carlos de Figueiredo Ferraz, conselheiro da UNICA e superintendente da Jardest do debate que integra a programação do seminário “Posicionamento Estratégico no Setor Sucroalcooleiro”, promovido pelo Programa de Educação Continuada da Esalq/USP para os alunos do curso de Especialização em Comercialização do Setor Sucroalcooleiro.

O evento começou hoje com os painéis sobre “Câmbio, Cenário Econômico Atual: Influências nas Exportações do Setor Sucroalcooleiro”, apresentado por Carlos Murilo Pereira de Mello, da Consulting Trader Adviser; “Formação de Blocos Econômicos: Implicações para o Setor Sucroalcooleiro”, com Marcos Sawaya Jank, coordenador do Instituto de Comércio e Negócios da USP; “Agroindústria Canavieira no Brasil – Evolução, Desenvolvimento e Desafios” e “Limites Institucionais dos Processos de Fusões e Aquisições”, ambas com Márcia Azanha Ferraz Dias de Moraes, especialista em Organização Industrial – USP/Esalq.

Banner Revistas Mobile