Mercado

ATR de janeiro abre 2009 com variação de 1,63%

O preço líquido do quilo do Açúcar Total Recuperável (ATR) abre o ano com uma variação positiva de preço em relação a dezembro de 2008 de 1,63%. De acordo com dados divulgados pelo Sindaçúcar/AL, o indicador fechou janeiro com o valor liquido de R$ 0,3424 e bruto de R$ 0,3505.

O indicador apurado pelo CEPEA / ESALQ / USP (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/ Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”/ Universidade de São Paulo) vem registrando uma variação crescente no preço nos dois últimos meses. Até o momento, segundo dados divulgados pelo Sindaçúcar/AL, a marca foi a maior registrada pelo ATR na safra 2008/2009 que teve início em 1º de setembro.

De acordo com o levantamento, o ATR de dezembro foi de R$ 0,3368. Em novembro R$ 0,3215 o que correspondeu a uma variação de – 0,64% em relação ao mês de outubro quando o valor líquido do indicador foi de R$ 0,3256. Já em setembro, quando teve início a safra 2008/2009, o preço líquido ATR foi R$ 0,2675.

Com o ATR de janeiro, o preço líquido da tonelada de cana padrão em Alagoas (114 kg de ATR) passou dos R$ 38,4255 para R$ 39,0644. De acordo com a base de cálculo, o acumulado líquido (Valor Médio) da tonelada da cana padrão está cotado, em R$ 37,7752 no ciclo atual.

O ATR, que representa a quantidade do produto recuperada da matéria-prima, define o valor a ser pago pela tonelada de cana-de-açúcar e é determinado de acordo com os preços dos produtos derivados da cana. A diferença entre os valores bruto e líquido decorre de deduções legais, a exemplo de pagamentos de contribuições como o Fundo da Previdência e Assistência Social (FPAS).

Banner Evento Mobile