Mercado

Amorim coordena encontro sobre agricultura

SÃO PAULO, As perspectivas para as negociações sobre agricultura em 2006 serão avaliadas hoje em Davos, na Suíça, em uma reunião de representantes dos países que compõem o G-20, o grupo de nações com interesse especial no setor agrícola. O encontro, que faz parte das atividades paralelas do Fórum Econômico Mundial, terá como coordenador o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim. As discussões no âmbito do G-20 antecedem a reunião miniministerial sobre a Rodada Doha, da Organização Mundial do Comércio (OMC), marcada para amanhã (28).

Outras autoridades brasileiras estão em Davos nesse período de realização do fórum, que termina no domingo (29). O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, por exemplo, participa hoje à tarde de um painel sobre o futuro da energia alternativa, quando vai discutir os riscos e as barreiras para a produção e o comércio do biocombustível. Na seqüência, em uma reunião privada dos líderes econômicos mundiais, o ministro tratará de questões que vêm travando as negociações comerciais no âmbito da Rodada Doha, da OMC. Estarão presentes autoridades da União Européia, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Austrália, África do Sul, Japão, Rússia, Reino Unido e da OMC.

Já o ministro da Cultura, Gilberto Gil, tem encontro hoje à tarde com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno. Depois, participa de um debate sobre o tema Um mundo sem propriedade intelectual.

Com o tema central O imperativo criativo, o Fórum Econômico Mundial começou na quarta-feira (25) reunindo chefes de Estado e de Governo, ministros, líderes religiosos e sindicais, esportistas, artistas, atletas e representantes de organizações não-governamentais de 89 países.

Banner Evento Mobile