Mercado

Americanos vão comprar mais etanol do Brasil

Os Estados Unidos planejam importar mais etanol este ano, apesar das altas taxas alfandegárias, segundo a Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) do governo americano. O Brasil deverá ser o principal fornecedor do produto.

O aumento na importação acontece porque as companhias petrolíferas do país pretendem fazer do etanol o aditivo usado na gasolina. Hoje, elas utilizam o composto MTBE, apontado em pesquisas como provável agente cancerígeno e proibido em vários estados americanos por provocar contaminação da água. Os EUA produzem 275 mil barris diários de etanol, mas calcula-se que sejam necessários mais 130 mil para atender à nova demanda.

— Temos escassez nacionalmente. E devemos aumentar as compras de etanol brasileiro — observou Joanne Shore, analista da EIA.

O alto preço do petróleo e a ameaça de escassez aumentam o interesse dos EUA em combustíveis alternativos. Esta semana, foi aberta em Los Angeles uma filial da Eco-Beetle Car Rental, locadora de veículos movidos a biodiesel.

Banner Evento Mobile