Mercado

Alcoolduto da Uniduto começa a operar em 2011

O presidente da Uniduto, Sergio Van Klaveren, disse hoje que em abril de 2010 deverá ser iniciada a primeira fase do alcoolduto para que ligará Sertãozinho, no interior de São Paulo, ao Porto de Santos, na baixada paulista.

Segundo ele, nesta primeira etapa serão investidos R$ 1,8 bilhão para a construção de 600 quilômetro de dutos. Ao final das duas fases, deverão ter sido investidos cerca de R$ 2,5 bilhões, e construídos 1 mil km de dutos. De acordo com Klaveren, participam do projeto da Uniduto 12 grandes grupos do setor sucroalcooleiro brasileiro, operadores de 81 Usinas. A previsão é de que o duto já esteja em funcionamento já na safra 2011/2012.

“Noventa e cinco por cento do tranporte de etanol é feito por meio de rodovias”, destacou Kleveren, ressaltando que este transporte é muito caro e que ainda são necessários muitos investimentos em infrestrutura para o setor. “Com o alcoolduto, o Brasil terá um produto muito mais competitivo”, avaliou.

Questionado se a crise financeira mundial afeta os planos da companhia, Kleveren disse que, apesar do arrefecimento econômico, a demanda por energia continua e as fontes energéticas precisam mudar para alternativas renováveis e menos impactantes ao meio-ambiente, como sugere o etanol. “Além disso, toda crise tem um período, e isso passa”, assegurou.

Banner Evento Mobile