Mercado

Álcool mais caro faz inflação do carro avançar 0,54% em outubro

O preço dos combustíveis puxou a alta do IMC (índice de manutenção do carro) em São Paulo em outubro, segundo pesquisa da Agência AutoInforme.

A chamada inflação do carro registrou alta de 0,54%. Em setembro, havia sido ainda mais alta, de 3,62%, também puxada pelo aumento dos combustíveis.

A gasolina e o álcool são responsáveis por mais da metade das despesas com o carro e tiveram as maiores altas entre os itens pesquisados. De acordo com o levantamento, o preço do álcool subiu 11% e o da gasolina, 0,53%.

Segundo a AutoInforme, no acumulado do ano, a alta do álcool está em 4,83%. A gasolina está 9,73% mais cara.

Outros itens que tiveram alta significativa em outubro foram, segundo a agência, o óleo do motor (4,1%), o jogo de pneus (3,5%), o filtro de combustível (3,3%) e serviço de balanceamento de rodas (3,1%).

Por outro lado, que alguns itens da cesta da inflação do carro ficaram mais baratos. As baixas mais expressivas foram a limpeza do bico injetor (-2,5%), o jogo de amortecedores e a correia dentada (-2,4%).

A pesquisa é feita em cem estabelecimentos ligados a carros, entre eles, lojas, concessionárias, postos, locais de assistência técnica.

Banner Revistas Mobile