Mercado

Álcool atrai investimento e ganha status de “ouro branco”

Desprezado durante anos, o álcool combustível ganhou status de ““ouro branco””. Ao lado do açúcar, transformou-se numa das maiores apostas econômicas do País e tem atraído investimentos de peso, provocando uma revolução no setor sucroalcooleiro.

A demanda cada vez mais crescente tem impulsionado o preço dos dois produtos e criado boas oportunidades de negócios. E, apesar dos elevados investimentos, a oferta está justa. Os produtores terão de fazer algumas opções para garantir o abastecimento interno: exportar açúcar ou álcool.

Só neste ano 19 usinas — que somam investimentos de cerca de US$ 700 milhões — entrarão em funcionamento, segundo a União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica). A perspectiva é que outras 89 unidades com capacidade para moer 120 milhões de toneladas de cana-de-açúcar estejam em operação entre dois e oito anos. O que somaria investimentos de cerca de US$ 8,4 bilhões, considerando que são investidos US$ 70,00 para cada tonelada de cana.

Na safra deste ano, as usinas ainda não estarão a plena carga, mas vão acrescentar cerca de 10 milhões de toneladas de cana-de-açúcar ao mercado — suficiente para produzir 800 milhões de litros de álcool. (Agência Estado)

Banner Evento Mobile