Mercado

Açúcar remunera melhor que o álcool no Centro-Sul

Levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, mostra que os preços do açúcar acumularam alta de quase 27% no mercado interno em janeiro, puxada pela entressafra da cana no Centro-Sul.

Pela primeira vez nesta safra, o açúcar está remunerando melhor que o etanol. Na semana passada, a commodity registrou uma vantagem de 15% sobre o etanol combustível.

A redução da oferta do produto e a expectativa de menor produção mundial da commodity, principalmente na Índia, têm orientado as cotações. A saca de açúcar com 50 quilos fechou a semana passada a R$ 41,41, segundo o índice Cepea/Esalq.

Na última sexta-feira, a Índia, maior consumidor mundial de açúcar e segundo maior produtor, autorizou as importações da commodity com tarifa zero, para evitar o aumento dos preços no mercado interno.

Banner Evento Mobile