Mercado

Açúcar e biocombustíveis ganham linha de crédito

No momento em que os empréstimos para o setor agrícola estão escassos devido à crise financeira mundial, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) apoiará o estabelecimento de uma nova linha de crédito para o setor.

No valor de US$ 150 milhões, a iniciativa é voltada ao financiamento de curto prazo para o comércio e a empréstimos de médio prazo a empresas e exportadores de açúcar e bioenergia no nordeste do Brasil, no México e na América Central.

A Diretoria Executiva do BID aprovou um empréstimo sênior de até US$ 75 milhões para a linha de crédito e a LACFIN Holdings, empresa do Reservoir Capital Group, investirá ou outros US$ 75 milhões. O programa será administrado pela Latin American Capital Management LLC (Lacam). Dependendo das condições futuras do mercado, o programa poderá ser expandido para US$ 250 milhões com empréstimos adicionais de bancos comerciais e novas contribuições de capital da LACFIN.

A linha de crédito oferecerá diferentes tipos de empréstimos, mas enfatizará financiamentos de curto prazo para estoque e pré-exportação a produtores e exportadores de açúcar e biocombustíveis. O programa também fornecerá empréstimos de médio prazo para replantação de culturas de açúcar, construção de sistemas de irrigação por gotejamento, modernização de usinas de açúcar e destilarias de etanol e aumento de sua eficiência energética por meio de usinas de cogeração de energia pela queima do bagaço de cana.

Banner Evento Mobile