Mercado

Açúcar da UE leva Brasil a pedir nova arbitragem da OMC

Brasil, Austrália e a Tailândia acusaram a União Européia de não cumprir uma decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC), que, em abril, determinou que os subsídios são ilegais, depois de um pedido de arbitragem feito pelos três países.

Ao apresentaram a queixa à OMC pela primeira vez, os três países afirmaram que os subsídios concedidos pela UE dificultam a competição no mercado internacional de açúcar, o que contraria o princípio do livre comércio.

O bloco tem até o dia 1º de outubro para decidir o que fazer com a produção excedente de açúcar, que pode chegar a dois milhões de toneladas.

Uma das opções seria despejar essa produção no mercado internacional, mas o governo brasileiro teme que isso afete a cotação do produto, um dos principais da pauta de exportações do Brasil.

Banner Revistas Mobile